“Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. Mateus 28:18-20

Estes versos das Escrituras Sagradas têm muito a nos ensinar sobre o Senhor da missão: nos é revelado como aquele que passou da morte para vida agora envia seus discípulos para que ensinem sobre sua VIDA encarnada, em todo o mundo. Isso mesmo, sua vida. Nosso redentor esteve morto mas agora vive, ele passou da morte para vida, das trevas de nossos pecados para a luz. Portanto, relembrar a Páscoa todos os anos deveria nos trazer um senso de urgência na proclamação dessa mensagem. Muitos não gozam da mesma alegria que temos desfrutado nesse período do ano. A intensidade de querer fazer CRISTO conhecido ao mundo deve ser a mesma que empenhamos para realizar programações nas igrejas a que pertencemos.

Jesus morreu não para salvar somente, mas para fazer destes salvos um povo chamado pelo seu nome. Que neste tempo de Páscoa, seja também um tempo de intensificarmos nossa intencionalidade para a evangelização, afinal de contas nem todos participam dessa comunhão que temos com Deus e um com os outros.

Nessa semana de oração, ore pedindo a Deus que dê a você, ousadia e oportunidade de ensinar sobre a verdadeira Páscoa. Lembre-se: nosso Jesus está vivo mas nem todos sabem disso. Deus abençoe!

Lic. Pr. Pedro Sete

Pin It on Pinterest

Share This