“Então tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mizpá e Sem, e chamou-lhe Ebenézer; e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor”.
1 Samuel 7:12

Essa passagem, conhecida e lembrada em diversas ocasiões, diz respeito a um período de recomeço, restauração e avivamento em Israel. O profeta Samuel havia chamado o povo do Senhor a abandonar os falsos ídolos, a confiar e aguardar o livramento que viria do alto. Diante do ataque poderoso dos inimigos, Israel poderia experimentar o livramento do Senhor e, de fato, experimentou.
Em certo sentido, podemos, também hoje, nos apropriar dessa verdade em louvor ao Senhor, afinal, até aqui Ele também tem nos ajudado e sido o nosso sustento no dia da angústia. Mesmo diante de dias difíceis, como os que temos enfrentado em meio à essa insistente pandemia e, consequentemente, isolamento, temos experimentado o cuidado, a provisão, o socorro e o auxílio do Senhor em cada uma das esferas da nossa vida. É inegável”!
Ele não falha em nos amparar com sua destra fiel. Em Cristo Jesus, o verdadeiro “Israel”, que nunca desagradou ao Senhor, nós temos a bênção permanente do Eterno sobre nós. Estamos em condição superior ao Israel dos tempos de Samuel. Afinal, temos um mediador perfeito, Cristo Jesus, e por meio dele temos livre e irrestrito acesso ao cuidado do Pai. Ele, o Senhor, se agrada em nos chamar de seu povo e é presente em nosso meio, ele é o Deus Emanuel.
Saber que o Senhor é por nós traz grande paz ao nosso coração. Traz segurança contra os inimigos –a carne, o diabo e o mundo. Olhamos para as circunstâncias, e não nos deixamos abater, afinal Ele tem cuidado de nós dia a dia.
Nesses 40 anos de IPE, mesmo que sem bolo e a festança que tanto amamos, temos muito o que celebrar, e quero encorajar você, como Samuel encorajou Israel: confie no Senhor, vivamos para ele de todo o nosso coração, até aqui Ele tem nos ajudado. Glórias a Ele.

Pastor Fillipe Cotta

Pin It on Pinterest

Share This