Leia aqui o nosso boletim digital.

A maldade dos homens se vê em tantas formas cruéis: injustiças, homicídios, humilhações, crueldades diversas, estupro, aborto, racismo, exploração e tantos outros males. É inegável, a maldade está aqui, ante nossos olhos.
Sentimos, frequentemente, a iniquidade tomar conta de tudo. Parece-nos, em alguns momentos, não haver mais justiça, não haver solução para o estado desse mundo e da vida humana sobre a terra. Afinal, dia após dia, os que deveriam fazer o bem são os que não fazem, e só sabem construir o que é mal.
Entretanto, há esperança! Sim há esperança, e está naquele que pode todas as coisas, naquele que é o grande juiz de toda terra: o SENHOR dos Exércitos. Sua justiça será perceptível em toda a terra, como nos diz o salmista: “Os céus anunciarão a sua justiça; pois Deus mesmo é o Juiz”. Salmos 50:6
Quando o Senhor e Rei se manifestar, nenhuma maldade ficará impune, nenhuma iniquidade sem paga, pois ele julga o coração e as intenções dos homens. Seu juízo é certeiro, não falha e não tarda: “eis que o juiz está à porta”. Tiago 5:9
A ira do Senhor é justa e perfeita. Ele não se ira sem razão. Sua santidade e pureza plenas são agredidas pelo pecado dos homens e merece punição. Um dia, toda iniquidade será punida. Da ira do Senhor, só há salvação no sangue do Cordeiro Jesus. Quem está em Cristo tem a vida, quem não está, já perece condenado.
As angústias desse mundo são várias e dolorosas, mas o juiz vem, sem demora. Ele está aí, às portas. Aguarde nele, confie somente nele.
Enquanto aguardamos, anunciamos ao mundo que há um Rei e Juiz sobre todos. Confrontamos o pecado. Chamamos os homens ao arrependimento e proclamamos salvação no nome de Jesus.

Pastor Fillipe Cotta

Pin It on Pinterest

Share This